Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Roteiro de Sabores

HARMONIA DOS VINHOS COM A COMIDA III

harmonia-vinho-comida-III.jpg

 

Temos vindo, nos últimos artigos que publicamos, a abordar a temática da harmonia do vinho com a comida.

 

Entre os elementos relevantes, recordamos, falamos da importância do sal na comida ou os taninos no vinho, bem como o peso, a intensidade aromática, a acidez ou o açúcar.

 

Assim, quando os aromas da comida não são muito intensos a escolha deve recair sobre vinhos com aromas muito semelhantes, valorizando um (prato) e outro (vinho).

 

As Combinações Perfeitas

 

Por exemplo, os pratos de caça que devem ser acompanhados de vinhos velhos, devido à complexidade destes.

 

Ao invés, se os vinhos são demasiado aromáticos podem prejudicar o prato, podendo mesmo torná-lo enjoativo, por ex., não caberá na imaginação de ninguém um vinho branco com forte aroma a moscatel a acompanhar um cozido à portuguesa, certo?....

 

Conforme também já referimos, em regra, o vinho deverá ser mais ácido do que o prato, de forma a não “matar” o vinho, tornando-o chato, sem graça e sem acidez.

 

Ao contrário, se o vinho é ácido o prato não necessita de o ser, devendo neste caso ser um prato que se distinga pela gordura, por ex. um bacalhau à lagareiro, vai bem com um Dão, Bairrada ou Lisboa, ao invés de um Alentejano menos ácido e em regra mais alcoólico.

 

Se o ingrediente dominante ou que sobressai é o sal, então recomenda-se um vinho ligeiro, pouco intenso e pouco ácido.

 

No que respeita a doces, os vinhos devem ser ainda mais doces, por ex. um leite creme queimado casa na perfeição com um moscatel de Setúbal ou Porto Tawny de 10/20 anos.

 

Em sentido inverso, “conciliação dos contrários”, o queijo Roquefort liga muitíssimo bem com um Porto Vintage.

 

Experimente

 

Convidamos agora a passar da teoria à prática e colocar estas “dicas” à prova, e ver como é importante a escolha do vinho, tanto quanto o é a ementa.

 

Poderá consultar a nossa gama de vinhos, bem com condimentos e especiarias no nosso site, assim como os nossos cabazes, em www.roteirodesabores.pt.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D